Quem mexeu no meu brigadeiro?

Alguns paradigmas da modernidade deixaram as coisas muito sem sal

DE BELO HORIZONTE (MG)
FERNANDA FONSECA

Image

Ilustração: Think Olga
(http://thinkolga.com/)

Como um aplicativo de celular conseguiu mudar a forma das pessoas se relacionarem com a comida deveria ser tema de trabalhos acadêmicos. Uma simples pesquisa pela hashtag #instafood no Instagram revela o tamanho da obsessão pelas fotos de pratos, com bastante cobertura, recheio e, claro, filtros de luz e molduras. Até aí nenhum prejuízo para além da temperatura da comida, que pode esfriar ou derreter, caso o fotógrafo se empenhe demais em buscar o melhor ângulo.

O que me causa certa estranheza é a moda de renomear as coisas. Com a invenção das tags – ou categorização das postagens -, comida gostosa passou a se chamar gordice. Vou explicar: quando alguém conta que comeu um brigadeiro, por exemplo, a informação costuma vir acompanhada das expressões “vai gordinha”, “fique magro fulano”, “emagrece gordo” ou simplesmente “gordice”. Comer por prazer não existe mais. A patrulha da magreza fez com que as pessoas antecipassem a culpa por saborear um doce ou um prato rico em gorduras, antes mesmo de digeri-las.

Além disso, criou-se uma regra subliminar segundo qual saborear um quitute açucarado ou com uma porção extra de bacon é “coisa de gordo”. E o que é pior, a função expiatória da culpa que o uso dessas expressões carrega só revela que, na ditadura da magreza, ser gordo é algo ruim, quase um pecado, que deve ser confessado publicamente.

Eu preferia viver no tempo em que comer um saco de batatas fritas era apenas uma delícia, e não uma gordice. Palavra insossa essa.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s